Nº 46 | julho / agosto 2012
Educação

“Novas Descobertas e Fórmulas Matemáticas”,
o novo livro do Prof. Celso Plentz | Da Redação

Há algum tempo e silenciosamente, discípulos e admiradores do gênio matemático do Prof. Celso Plentz aguardavam uma obra de sua lavra que trouxesse contribuições no campo da matemática, especialmente sobre o seu ensino, mister que soube desempenhar com inigualável maestria ao longo de décadas, introduzindo centenas de jovens ao abstrato universo dos números, por muitos tido como árido.

E o momento chegou!

Após lançar os livros Trovas e Sonetos, Patamares Poéticos (2009) e Panorama Poético - subsídio para o Ensino Fundamental (2010), o autor decidiu guinar suas publicações e dar ao público o primeiro volume dos resultados de suas perquirições matemáticas ao longo de uma vida dedicada ao aprendizado e ensino da “Ciência de Pitágoras”.

Como coloca o próprio autor, em epígrafe de seu novo livro, Nunqum satis dicitur (Nunca se aprende demais), e assim, com esse espírito a um só tempo humilde e pertinaz, apresenta suas descobertas nos domínios da matemática, ciência que cultiva desde a juventude.

Como professor, sua contagiante paixão pela disciplina sempre tocou até os mais ineptos dos alunos. Muitos há que superaram suas dificuldades de abstração com o auxílio do Professor Celso Plentz tornando-se admiradores e divulgadores das qualidades do mestre.

Bacharel em Ciências Jurídicas pela Faculdade de Direito de Taubaté-SP, João Celso Diel Plentz concluiu o antigo Curso Científico, voltado para as Ciências Exatas, no Instituto de Educação Conselheiro Rodrigues Alves, em Guaratinguetá. É também Técnico em Contabilidade pela Escola Técnica de Comércio Antônio Rodrigues Alves, de Guaratinguetá.

Como professor, lecionou Matemática no Seminário Redentorista Santo Afonso, em Aparecida-SP, e no Curso Santo Agostinho, preparatório para os exames de admissão à Escola de Especialistas de Aeronáutica, em Guaratinguetá-SP.

Em sua residência sempre recebeu para aulas particulares, pessoas interessadas em aulas de Latim, que domina com proficiência, Português e Ciências Naturais, disciplinas nas quais não é minimamente inferior a sua capacidade.

Celso Plentz possui – e isso o diferencia dos demais – uma natural propensão para a criação. Uma de suas originais produções, aproximando matemática e literatura, é a adoção de uma forma de construção poética na qual os versos de cada estrofe de um soneto são compostos em progressão aritmética. É o soneto brasileiro, diz ele.

Tal efervescência criadora anteparada em semblante plácido – o irascível jamais foi traço da personalidade do Professor Celso – manifesta-se, agora, na publicação de um livro que apresenta, no mínimo, três fundamentais e positivas características:
+ é escrito em linguagem clara e acessível a qualquer pessoa dotada da mínima formação matemática;
+ é didático ao demonstrar cada assunto de modo a fazer com que o leitor se eleve progressivamente ao entendimento dos resultados finais apresentados.
+ é uma contribuição ao ensino da Matemática marcada pelo ineditismo.

Sobre a importância da obra, é o próprio autor, em carta enviada ao editor de O Lince, quem diz:

“Estou lhe enviando um exemplar do 10 volume da obra intitulada Novas Descobertas e Fórmulas Matemáticas. Esse exemplar, como pode você verificar, através do prefácio, aborda partes inéditas da Matemática, dentre as quais se destaca a resolução completa da equação do 30 grau, da qual, até então, só se conhecia a resolução parcial descoberta pelo italiano Geronimo Cardano.

Ampliar imagens

Outra parte indispensável para o estudo das operações matriciais é a divisão de matrizes, nunca antes apresentada.

A minha opinião a respeito de tais descobertas é que elas deveriam fazer parte do currículo escolar relativo à Matemática como complemento indispensável, tanto do estudo das equações do 30 grau e funções polinomiais, como das operações com matrizes, o que possibilitaria solucionar problemas no tocante a questões da Geometria Espacial e formação de estoque de mercadorias no comércio de peças na indústria”.

No prefácio a que remete, o professor-matemático complementa:

“Nesta obra terão os alunos oportunidade de encaixar determinadas teorias e fórmulas como extensão ou alternativa para compreensão e fundamento de importantes capítulos da Matemática.

Extensão como no caso da divisão de matrizes, não ventiladas no Ensino Médio ou nos cursos técnicos talvez em razão da complexidade ou até por presunção de impossibilidade.

Alternativa como, por exemplo, no cálculo das raízes da equação do 30 grau, mormente se resulta apenas numa raiz complexa (com parte imaginária), a qual pode ser transformada, segundo descoberta nossa, em três raízes reais.

Sem a resolução da divisão de matrizes, sem a transformação de uma raiz complexa em três raízes reais, e sem o cálculo de área da elipse, estariam desfalcadas as operações com matrizes e, consequentemente, a resolução de problemas que dependem dessas operações; bem como a solução exata e mais rápida das equações do 30 grau e a obtenção da área total do tronco de cilindro ou tronco de cone de bases não paralelas”.

O livro, em suas 112 páginas, é complementado por grande e variado número de exercícios pertinentes aos assuntos propostos.

Aos amantes da Matemática, o sabor da atual descoberta e a expectativa dos novos volumes.
 
 
 
 
  © 2007 • 2014 Jornal O Lince, tem o que ler  | Tel.: (12) 9 9138 5576 | redacao@jornalolince.com.br
  Rua Alfredo Penido, 101, Jardim São Paulo
  Aparecida, SP | CEP 12570-000